1 milhão de brasileiros sofrem de glaucoma

1 milhão de brasileiros sofrem de glaucoma

Oftalmologista alerta que os exames de rotina são os principais aliados para se prevenir dos problemas causados por esta doença

O próximo dia 26 de maio é lembrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. Dados da Sociedade Brasileira de Glaucoma mostram que esta doença é a segunda principal  causa de cegueira no mundo, atingindo cerca de 1 milhão de pessoas no Brasil – o primeiro lugar é ocupado pela catarata. Dr. Tarciso Schirmbeck, oftalmologista do Visão Institutos Oftalmológicos, em Brasília, explica que o glaucoma é uma doença que se caracteriza por lesão no nervo óptico.

“Em geral, a lesão acontece devido ao aumento da pressão ocular. Porém, existem casos que o paciente desenvolve a doença e não apresenta alterações de pressão”, esclarece. O oftalmologista ressalta que, além da causa genética, outros fatores podem contribuir para o surgimento do glaucoma. “Traumas oculares, infecções e sangramentos oculares, bem como cirurgias oculares prévias também podem desencadear a doença”, complementa.

Ir ao oftalmologista com regularidade é o primeiro passo para prevenir as complicações causadas pelo diagnóstico tardio da doença. “Caso seja constatado algum problema durante a consulta, o médico deve pedir exames complementares. É importante lembrar que, a partir do momento em que o glaucoma é reconhecido, o tratamento pode ser feito por meio de colírios ou com cirurgias. Tudo depende do estágio da doença e das especificidades de cada paciente”, acrescenta o oftalmologista.

Dr. Tarciso Schirmbeck lembra que os testes de rotina são fundamentais para manter a saúde ocular em dia. “Na maioria dos casos, o glaucoma é uma doença que não apresenta sintomas. Por isso, é importante avaliar a pressão intraocular e a saúde do fundo do olho regularmente e, caso haja algum problema, iniciar o tratamento o mais rápido possível”, conclui.

 

Via Visão Institutos Oftalmológicos