Anvisa suspende produção e venda de alisante para cabelos

Anvisa suspende produção e venda de alisante para cabelos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta segunda-feira (27) a suspensão da fabricação, distribuição, comércio, divulgação e uso do alisador de cabelo Zene Progress Defrizagem Temporária, da Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos.

    De acordo com a agência, o produto foi considerado insatisfatório no ensaio de pH e não apresentou registro junto ao órgão de vigilância sanitária. A resolução aponta ainda que a empresa tem que remover das prateleiras todos os produtos disponíveis.

    A resolução foi publicada no Diário Oficial da União. Procurada pelo G1, a empresa Cosmed, ligada ao grupo Hypermarcas, informou que o registro do alisante Zene Progress Defrizagem Temporária foi cancelado em 2009.
    “O produto não é fabricado, distribuído ou comercializado desde então. A empresa procederá conforme solicitado pelo órgão regulador”, complementou a empresa.

    Fonte: G1