Entenda por que pessoas com diabetes ficam com a visão comprometida

Entenda por que pessoas com diabetes ficam com a visão comprometida

A doença é provocada pelo aumento anormal da glicose no sangue, fonte de energia para as células, que quando em excesso pode trazer complicações à saúde podendo levar inclusive perda da visão, por exemplo. No Distrito Federal, conforme dados da Secretaria de Saúde, a doença já afetou cerca de 160 mil pessoas somente no ano de 2015. Este número sofreu um aumento de 22% nos últimos 9 anos.

Doutor David Brandalise Neto, oftalmologista do Visão Institutos Oftalmológicos, em Brasília, afirma que quando a glicose está em excesso, o trânsito do sangue nos vasos fica alterado gerando “fissuras” ou “machucados” nas camadas mais internas das artérias e veias. “Quando há diabetes descontrolada, o fluxo sanguíneo não chega ao seu destino na quantidade certa gerando vazamentos em algumas áreas culminando na falta de sangue em outras. Ou seja, os vasos machucam e se curam por várias vezes ao ponto de não reter o sangue para a correta irrigação da retina ”, explica o especialista.

De acordo com ele, esta alteração atrapalha o metabolismo correto da retina, podendo causar visão turva dando a impressão de cegueira ao paciente. “São frequentes as reclamações e o medo de perder a visão. Mas, além das micro hemorragias, macro hemorragias e áreas de diminuição dessa irrigação (isquemia), o cristalino (a lente dos olhos) deixa de receber a oxigenação de maneira adequada e começa a ficar cada vez mais opaco, acelerando o início da catarata”, alerta. Ele afirma que se o paciente estiver passando por isso, há grandes chances de recuperar a visão por meio de cirurgias.

Caso irreversível de cegueira

Além da catarata, o paciente diabético pode também desenvolver uma forma mais rara de glaucoma. Dr. David explica que, neste caso, áreas isquêmicas, produzem fatores inflamatórios de maneira anormal devido a falta da correta nutrição dos tecidos oculares. Esse sistema que coordena a manutenção e produção de vasos sanguíneos começa a formar outros mais frágeis e em lugares ondem não deveriam haver vasos. “Caso a formação do vaso ocorra no sistema de drenagem do humor aquoso (líquido transparente localizado entre a córnea e o cristalino), irá dificultar o escoamento dessa substância gerando o aumento da pressão intraocular. Isto culmina no desenvolvimento do glaucoma de difícil controle. Se esses novos vasos se romperem, teremos o bloqueio da passagem da luz para a retina, causando cegueira”, ilustra. Dr. Brandalise acrescenta que, neste caso, a cirurgia de recuperação da visão é mais complicada e pode ser irreversível.

Doenças oculares mais comuns do diabético:

• Visão turva
• Catarata
• Glaucoma
• Retinopatia diabética

Autor: Visão Institutos Oftalmológicos Associados