Estresse: esse sentimento está tirando a sua paz?

Estresse: esse sentimento está tirando a sua paz?

Um problema no trabalho, uma rotina cada vez mais atribulada e até mesmo uma soma de preocupações podem literalmente tirar sua paz e levá-lo a um quadro que é conhecido por todos nós – até mais do que gostaríamos –, o do estresse. E, neste período de isolamento social, em função da pandemia da COVID-19, esse sinalzinho de que a “panela de sentimentos” está cheia anda ainda mais aflorado, tornando o estresse um grande vilão mundial.

O estresse nada mais é do que uma resposta do nosso corpo a uma situação que tira o nosso equilíbrio. Ele está longe de ser frescura e merece uma atenção redobrada, pois pode ser caracterizado como estresse agudo, que é resposta de uma situação estressante, como um problema pontual, e pode se tornar algo crônico, que é quando passa a fazer parte do dia a dia, impactando diretamente na qualidade de vida.

O que muitos não sabem é que existe o estresse positivo e o negativo. Vamos falar um pouquinho sobre eles nas linhas a seguir:

Estresse positivo

É aquele que nos torna vivos, que dá energia para vencer uma determinada situação. Ele pode aparecer durante a apresentação de um trabalho, por exemplo, e em uma emergência na qual você precisa agir prontamente. Isso acontece porque, enquanto você enfrenta tal situação, o seu corpo libera o chamado hormônio do estresse – cortisol – que faz com que seus batimentos cardíacos aumentem e você tenha mais energia para vencer tal situação.

Estresse negativo

É o que surge frente a situações desagradáveis. O nível de estresse pode variar de pessoa para pessoa e pode fazer com que você desmorone mediante a um problema. Cada ser é único e tem uma capacidade diferente para tolerar determinadas situações, e isso está diretamente ligado a fatores como inteligência emocional e genética.

É importante, acima de tudo, que a gente reconheça quando o estresse está fora de nosso controle. Se, por exemplo, nesta quarentena, estar longe de pessoas, estar com medo de pegar a doença e de perder entes queridos, ou até mesmo de perder um emprego, está te levando a um quadro descontrolado de estresse, é preciso procurar ajuda. Quando o estresse se torna um problema, ele leva você a quadros preocupantes, como ansiedade, depressão e até mesmo síndrome do pânico.

E como reconhecer o estresse?

Está se sentindo estressado? Então veja alguns sintomas que fazem parte desse quadro:

Stress mental

Cansaço mental;

Problemas de memória;

Falta de concentração;

Desânimo;

Ansiedade;

Preocupação excessiva;

Alterações no humor;

Irritabilidade;

Agitação; 

Sentimentos de estar sobrecarregado;

Depressão ou tristeza.

 

Sintomas físicos

Cansaço;

Dor nas costas;

Diarreia;

Azia;

Tensão arterial alta;

Tonturas e náuseas;

Dor de cabeça;

Dor no peito;

Frequência cardíaca mais acelerada (taquicardia);

Perda do desejo sexual;

Alterações no apetite;

Entre outros!

 

Portanto, se você estiver com sintomas como esses e se sentir que o quadro saiu do controle, procure orientação psicológica o quanto antes para evitar que se tornem um problema crônico. Existem diversos recursos que podem auxiliá-lo a sair dessa.

 

Cuidar da saúde mental é cuidar da vida!