Ministério da Educação prevê mudanças no curso de medicina

Ministério da Educação prevê mudanças no curso de medicina

O ministro da educação, Aloizio Mercadante, propôs no último mês de julho, mudanças na duração e conteúdo nos cursos de medicina. A principal alteração seria na duração do curso que hoje é de 6 anos para 8 anos.

Depois de uma série de protestos por todo o país, Mercadante voltou atrás e anunciou que a mudança seria apenas na residência médica, quando o primeiro ano teria que ser cumprido na atenção básica e urgência do SUS (Sistema Único de Saúde).

As alterações surgiram após reuniões com conselhos de medicina e coordenações de universidades públicas que oferecem o curso para adequar as propostas do Governo à realidade dos médicos brasileiros. Nenhuma medida foi sancionada e espera outras avaliações para as alterações.